Quarantine Pills | #05 Um Remédio para os Viciados em Ansiedade

websérie com Ap. Kennedy Braga

“Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?”
Mt 6:2

Se ela já tem sido muito comum em dias comuns, fico aqui de quarentena a imaginar, nestes dias de Guerra.

Sim estou falando da ansiedade que pode já ter se tornado um vício emocional crônico e que pode se agravar nestes tempos de maior pressão social.

Algumas pessoas são tão adestradas quanto parecem, mas elas são visivelmente dependentes de cortisol – um hormônio do estresse que ocupa a mente e os sentimentos e não dá paz interior às pessoas que cultivam a ansiedade. Não é fácil dizer não para esse sentimento de angústia, que também pode ser diagnosticado como depressão, tristeza mal administrada ou uma  opressão.

Às vezes, olhamos para algumas pessoas e as vemos em uma solitária, tipo uma cadeia de isolamento, potencializada ainda mais neste momento se não nos cuidarmos. O rosto cerrado, a ausência de um sorriso, a angústia estampada na face... Elas são donas dos hormônios que adoecem. Não temos ferramentas de êxito quando o problema é interior e inconfesso. Mas, como profetas, desta geração, possuímos um Programa de Neuro Linguística Espiritual, chamado discernimento de espírito, que nos dá a missão de socorrer esses que estão debaixo de ataques, nesta hora.

Porém, as químicas celebrais que são produzidas diante dos humores diversos que passamos como amor, ódio, tristeza, alegria, medo e coragem, podem ser produtoras de químicas viciantes que muitos não sabem mais sobreviver sem elas.

Talvez vez você ainda não tenha produzido o antídoto contra o mais novo veneno inoculado nas massas sem Deus, mas somos sim uma farmácia, e estamos todo tempo produzindo remédio ou veneno. Por isso, este é sim, tempo de nos posicionarmos para liberações mais profundas. Para isso, nós precisamos assumir que temos certos hábitos e estamos dependentes deles. Nós nos apegamos facilmente com os sentimentos e emoções sociais e criamos dependência das químicas produzidas por estes, aí é quando erramos. Muitos estão presos nesse vício emocional e não sabem como agir. Certamente a instrução da verdade da palavra de Deus, com ações alinhadas a ela, liberta qualquer um que desejar. 

Exemplo, se nós observarmos, somos regidos por hormônios tóxicos tais como: As glândulas adrenais que passam, então, a produzir e liberar os hormônios do estresse (adrenalina e cortisol) que aceleram o batimento cardíaco, dilatam as pupilas, aumentam a sudorese e os níveis de açúcar no sangue, complicando as funções intestinais e reduzindo o apetite sexual, pois os dois juntos viram veneno e comprometem ambientes onde as pessoas estão sobrecarregadas. Este é apenas um dos exemplos existem muito mais.

Só que podemos tomar outra decisão que é produzir hormônios saudáveis, tais como os hormônios conhecidos como o quarteto da felicidade: endorfina, dopamina, serotonina e ocitocina que mudam o ambiente e influenciam positivamente as pessoas.

Porém, na maioria das vezes, nossa opção é nos concentrarmos em um problema interminável, por isso, freamos nossas vidas neles e não nos apercebemos que já estamos ‘ansioliticamente’ enfermos. A matemática desta engenharia é complexa, trabalhosa e muito mais espiritual do que psíquica, física ou emocional. Por isso precisamos de ajuda! A nossa mente é uma fábrica de produtos que poderá nos moldar a outros sentimentos. Arrancar os sentimentos negativos não é uma opção, é uma ordem divina para que não sejamos cativos das mentiras de Satanás.

Esses vícios de ansiedade marcam a vida das pessoas e as prendem de forma covarde, cabe a nós dar um ponto final na SPA – Síndrome do Pensamento Acelerado – que é mentor das ansiedades que enferrujam e corroem a alma da humanidade.

É neste ponto que mais cedo ou mais tarde, precisamos nos valer então das verdades de Deus para sermos moldáveis, caso contrário, vamos permanecer sendo um problema para os outros e um desastre interior para nós mesmos. Portanto, não se preocupem, dizendo: “Que vamos comer? ou Que vamos beber? ou Que vamos vestir? Pois os pagãos é que correm atrás dessas coisas; mas o Pai celestial sabe que vocês precisam delas. Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas serão acrescentadas a vocês. Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu próprio mal.”
Mt 6:31-34

 

Até Breve!

 

Ap. Kennedy Braga

Endereço

Rua Adelelmo Setti, 10 - Centro, São Bernardo do Campo - SP, 09720-000

Siga-nos

Prover ® 2021. Todos os direitos reservados.